No começo da pandemia do novo coronavírus, a preocupação com os idosos era evidente tendo em vista se tratar de um dos maiores grupos de risco conhecidos. O que ninguém imaginava é que tantos idosos, especialmente aqueles que tiveram sintomas graves e/ou passaram por internação, continuariam a apresentar os sintomas da infecção depois de recuperados. Denominada Síndrome Pós-Covid, esta condição tem sido muito comum entre os idosos e vem gerando uma série de dúvidas aos familiares. Então vamos lá entender como ficam os idosos com a Síndrome Pós-Covid?

Ao atingir uma idade mais avançada e entrar num estágio de ter sua independência comprometida, o idoso passa a necessitar de cuidados ainda mais específicos e frequentes. Esse momento exige bastante dedicação dos familiares, acompanhamento médico especializado e inúmeras adaptações do ambiente, portanto, costuma ser bastante desafiador a todos os envolvidos. Mesmo diante de uma situação como essa, a decisão de procurar uma Casa de Repouso continua sendo um tema bastante polêmico para muitas pessoas. Por isso, a Nossa Casa selecionou algumas dicas sobre qual o momento certo para procurar uma Casa de Repouso. Confira!

Embora, por vezes, os familiares relutem em tomar a decisão, especialmente pelo fato de a situação gerar a sensação de abandono ou isolamento familiar, hospedar seu ente querido em uma Casa de Repouso Particular confiável pode, ao contrário disso, proporcionar muitos benefícios à saúde do idoso. Isso porque, o local oferece inúmeros cuidados e atividades capazes de melhorar a qualidade de vida do idoso ao promover autonomia, lazer, conforto e cuidados especializados. Então, confira este artigo na íntegra e entenda a importância de uma Casa de Repouso Particular na saúde do idoso. A Nossa Casa separou alguns bons motivos para você procurar uma Casa de Repouso Particular em Curitiba!

A rotina de cuidados de pacientes acamados é complexa e exige, ainda que temporariamente, a realização de uma série de procedimentos diários para garantir o bem-estar e a recuperação da pessoa idosa. Isso porque, nessa condição, atividades rotineiras tornam-se impossíveis de serem realizadas de forma independente e o idoso passa a demandar a atenção de uma equipe multidisciplinar, daí surge a importância de contar com um Lar de Idosos em Curitiba para pacientes acamados. Para demonstrar tal complexidade, a Nossa Casa apresenta alguns dos cuidados que considera essenciais quando os pacientes em situação mais fragilizada. Acompanhe!

Os lares para idosos ajudam na realização das atividades diárias, incluindo serviços de saúde, atividades recreativas e sociais e alimentação. Embora, via de regra, quanto mais complexa a situação do hóspede e mais completo o quadro de profissionais, maiores os valores, para responder quanto custa um lar para idosos é preciso analisar uma série de variáveis.

O processo de decisão dos familiares de hospedar o idoso em asilos ou casas de repouso costuma ser acompanhada de dúvidas, receios e preocupações. Um dos motivos se deve à carga negativa dada a esse tipo de instituição que, frequentemente, é tida como local em que os idosos são abandonados. Devido à essa dificuldade na decisão, recomenda-se conversar com pessoas que já vivenciaram essa situação e buscar informações a fim de compreender de fato os papéis e a importância desses locais para os cuidados dos idosos.